Blog

Peter e Miranda se mudaram para Portugal em 1983, para criar e gerenciar o primeiro centro de estudos de campo de A Rocha. Junto com seus quatro filhos, eles viveram no centro por doze anos até 1995, ano em que o trabalho foi colocado sob liderança portuguesa. Aí eles se mudaram para a França, onde criaram o primeiro centro francês, perto de Arles, onde viveram até 2010, ao mesmo tempo que coordenavam e ofereciam suporte às lideranças desse movimento em rápido crecimento. Agora eles estão de volta para o Reino Unido, por forma a continuarem o suporte a toda a família A Rocha por todo o mundo, e ao mesmo tempo ficarem mais próximos da sua própria família, incluindo seus netos. Eles contam sua história em Under the Bright Wings (1993) e Kingfisher’s Fire (2008).

6 fevereiro 2017 | Dave Bookless | 0 comentários

Que eu semeie amor

O Dia dos Namorados pode simplesmente parecer um produto da nossa cultura superficial e materialista. A questão é que o amor precisa de ações para torna-se real. Neste Dia dos Namorados, independentemente se você estiver namorando ou não, porque não assumir um risco e fazer algo prático para semear amor pela criação de Deus?

Categorias: Reflexões
14 setembro 2015 | Peter Harris | 0 comentários

Cartão postal da Namíbia: porque a natureza não pode ser avaliada em dinheiro

Se alguém ganhou o direito de comentar sobre a monetização da natureza, esse alguém é Christiaan Bakkes: ele passou 20 anos em organizações de conservação da Namíbia ajudando para que isso acontecesse. Mas no coração dessa iniciativa havia uma contradição que está anulando todos os ganhos dos 15 anos anteriores. Agora a vida selvagem está sendo dizimada.

Categorias: Cartões postais