21 novembro 2016 | Leah Kostamo | 0 comentários

Amando ao próximo: e à nossa comunidade

Um membro de nossa comunidade ampliada A Rocha Canadá faleceu em janeiro. Seu nome era Debbie e ela era uma das amigas da horta comunitária A Rocha em Winnipeg.

 

Debbie (Leah Kostamo)

Debbie passava muito tempo na rua próxima à Igreja Anglicana St. Margaret conversando com transeuntes e vendendo cópias do Street Sheet (“A Folha das Ruas”), o jornal local publicado pela população marginalizada de Winnipeg. A maior parte das pessoas pensava que ela era moradora de rua, mas ela não era. Ela lutava contra problemas de saúde mental, mas era trabalhadora e persistente e, com a ajuda de sua família e do seguro-desemprego, conseguia pagar um apartamento.

Em 2010, A Rocha iniciou um projeto de horta comunitária em parceria com a St. Margaret e Debbie tornou-se amiga dos estagiários de A Rocha.

Ela trabalhou como voluntária na horta e frequentou os workshops de culinária.

Os estagiários perceberam que o apartamento de Debbie precisava ser pintado e eles passaram dois dias inteiros ajudando-a na limpeza e na pintura do local.

Ela começou a frequentar a igreja e levava ao pastor uma barra de chocolate todas as semanas, para motivá-lo na preparação de seu sermão.

Debbie acabou por tornar-se uma das mais fiéis dizimistas da St. Margaret, sempre colocando na bandeja de ofertas todo o troco que havia acabado de ganhar com a venda de jornais aos paroquianos fora da igreja.

Ela havia encontrado um novo lugar no qual sentia que pertencia.

E então ela faleceu.

Os irmãos de Debbie, que a acompanhavam quando ela faleceu, dizem que ela estava muito diferente nos últimos anos. Eles atribuem sua transformação ao poder se ser amada por uma comunidade e de experimentar a paz de Cristo pela primeira vez em sua vida conturbada.

O mais bonito é que Debbie não foi a única a se desenvolver na horta comunitária. Sua amizade, vinda de um lugar de vulnerabilidade, enriqueceu e transformou a vida dos estagiários de A Rocha, assim como de outras pessoas ao seu redor.

Alguns poderiam dizer que a transformação e o impacto de Debbie não têm relação com “a salvação do planeta”, mas nós em A Rocha acreditamos que certamente têm.

O cuidado com a criação e com aqueles que estão marginalizados andam lado a lado. Afinal, os mais vulneráveis no mundo, mesmo nas zonas urbanas do Canadá, são normalmente os mais afetados pela degradação ambiental.

O verdadeiro trabalho de salvar o planeta será pequeno, humilde e (já que envolve amor) agradável e gratificante

– Wendell Berry

Ame o seu próximo como a si mesmo

– Jesus Cristo, Marcos 12:31

Tradução: Michele Bitencourt / Thiago Simões Machado

Categorias: Histórias
Tópicos: amor Canadá comunidade
Sobre Leah Kostamo

Leah Kostamo é uma guardiã da Terra, além de contadora de histórias, apaixonada por ajudar os outros a viver com leveza na terra em um lugar de alegria e de esperança. Nos últimos 12 anos, Leah e seu marido Markku têm liderado o trabalho da A Rocha no Canadá. Ela é a autora de Planted: a Story of Creation, Calling and Community (“Plantados: uma história de criação, vocação e comunidade”).

Veja todos os artigos de Leah Kostamo

Deixe uma resposta